A Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo vai pedir nesta segunda (14) a prisão de seis policiais envolvidos na morte de um suspeito de roubo no Butantã, zona oeste de São Paulo, na última segunda. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Segurança Pública. 
 
A detenção acontece depois da divulgação de um vídeo que mostra um policial jogando o suspeito Fernando Henrique da Silva de um telhado, já depois de ter se rendido. No boletim de ocorrência, o PM relatou uma versão diferente: que atirou em Fernando porque ele reagiu à prisão. 
 
De acordo com o G1, os policiais que tiveram a prisão decretada estão entre os dez que estavam detidos desde domingo (13) em prisão administrativa. Os outros quatro policiais continuarão detidos, diz o portal. A justiça pode acatar ou não o pedido da Corregedoria. 
 
Outro vídeo divulgado anteriormente mostra a execução de um segundo suspeito do mesmo assalto. Nas imagens, é possível ver um dos suspeitos rendidos, cercado e algemado pela PM. Minutos depois, o homem é solto e levado pelos policiais para um ponto atrás de um muro, onde é baleado. 
 
No mesmo momento, o vídeo mostra um policial correndo até o carro da PM e, segundo a hipótese dos investigadores, pegando uma arma que teria sido colocada na mão do suspeito. Cinco policiais foram presos.