Com o fim do desfile oficial de Sete de Setembro, nesta segunda-feira, a Esplanada dos Ministérios virou palco de manifestações contra o governo federal. Segundo estimativas oficiais, cerca de 500 pessoas estão espalhadas pela Esplanada e o protesto é acompanhado por uma centena de policiais. Alguns manifestantes neste momento derrubam o muro de proteção que foi colocado no gramado central da Esplanada para limitar o acesso dos populares.

Os bonecos Pixuleco, do ex-presidente Lula, e a Pinóquia, representando a presidente Dilma Rousseff, foram consertados e já estão inflados novamente. Os manifestantes estão acompanhados de vários carros de som e os petistas presentes no local são vaiados e hostilizados. O protesto é organizado por vários movimentos, entre eles, o Limpa Brasil.

Dilma Rousseff se retirou do local há pouco. Ao fim do desfile, a exemplo do que ocorreu no início, a presidente foi novamente vaiada. Depois, a Esquadrilha da Fumaça faz sua apresentação tradicional.

Grito dos Excluídos

Integrantes de movimentos sociais com diferentes reivindicações, reunidos em Brasília, desceram a Esplanada dos Ministérios, após o encerramento do desfile de 7 de Setembro, na manhã desta segunda-feira.

Representantes do Grito dos Excluídos, grupo que tradicionalmente faz manifestação no Dia da Independência, defendem a democracia e reformas estruturais como a urbana, a agrária e política. Os integrantes se aglomeraram em frente à Catedral de Brasília.

“Não falamos contra ou a favor do governo. Temos um leque amplo de reivindicações, defendemos a democracia e somos contra a intervenção militar. Somos cerca de 40 organizações que reúnem aqueles que precisam ser ouvidos”, disse o coordenador do Grito dos Excluídos, Fábio Miranda.

Desfile

Seguiu com tranquilidade o desfile do 7 de Setembro em Brasília na manhã desta segunda-feira. Se apresentaram as bandas musicais escolares e as tropas a pé da Marinha, do Exército e da Força Aérea. Também desfilou a pirâmide humana da Polícia Militar do Distrito Federal, com 30 homens.

Aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) também sobrevoaram a Esplanada dos Ministérios. As aeronaves KC 130 Hércules e caças F5 e A1 voaram baixo pelo centro de Brasilia. O desfile da aeronáutica contou com apresentação da Esquadrilha da Fumaça.

A presidenta Dilma Rousseff assistiu todo o desfile ao lado do vice-presidente Michel Temer e do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg. Também compõem o palanque de autoridades os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante, da Defesa, Jaques Wagner, da Justiça, José Eduardo Cardozo, e da Secretaria Direitos Humanos, Pepe Vargas, além dos comandantes das três Forças.