O governo do Distrito Federal anunciou nesta quinta-feira (23) que irá vacinar o público de 12 anos na próxima terça-feira (28). Para concretizar o avanço da vacinação para esse público, o governo espera o recebimento de um lote com 28 mil doses do imunizante da Pfizer/BioNTech como parte de uma nova rodada de distribuição do Ministério da Saúde.

Vacina Covid

Até o momento, foram vacinados no Distrito Federal 143 mil adolescentes

Segundo Executivo do DF, o público na faixa de 12 anos está estimado em 42 mil pessoas. Até o momento, foram vacinados no Distrito Federal 143 mil adolescentes. O total de pessoas com idade entre 12 e 17 anos é de 260 mil pessoas.

“Estamos incluindo, a partir de terça, 12 anos, e com isso fechamos o que queríamos de cobertura vacinal. Agora é levar seu filho. Para nós, vai restar depois fazer a busca ativa e sensibilizar as pessoas que ainda não tomaram (a vacina)”, disse o secretário de Saúde do DF, Manoel Pfiadache.

O subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero, afirmou que a decisão do Ministério da Saúde de voltar a recomendar a imunização de todos os adolescentes, e não somente aqueles com comorbidades, pode favorecer o avanço da vacinação nesse público.

“Nesta quarta-feira (22) o Ministério da Saúde anunciou, em uma coletiva, a aceitabilidade do reconhecimento e importância da cobertura vacinal dos adolescentes. Com isso, esperamos mais doses para continuar implementando esse processo de cobertura vacinal”, disse Valero.

O subsecretário de Vigilância à Saúde mencionou a expectativa de receber mais doses na semana que vem, mas ponderou que ainda não era possível adiantar o quantitativo.

Além dessa faixa e das pessoas mais velhas, o DF também adiantou a imunização de quem recebeu a primeira dose da vacina da Pfizer/BioNTech e tem retorno previsto até 27 de outubro. Na capital, também estão recebendo a dose de reforço os idosos com 85 anos ou mais.

Leia mais:
Fiocruz reforça tendência de queda na ocupação de leitos da Covid-19
Meditação reduz estresse de pacientes durante a pandemia