SÃO PAULO - Cerca de 2 mil professores e gestores da rede estadual de São Paulo serão selecionados para atuar nas escolas de período integral a partir de 2014. Segundo a Secretaria de Educação, o número de unidades que seguem esse modelo vai aumentar dos atuais 69 para 178 no próximo ano.

Os profissionais que quiserem atuar nessas unidade deverão se cadastrar pela internet (www.educacao.sp.gov.br/) entre os dias 11 de setembro e 4 de outubro. Se eles forem de outras escolas deverão ser transferidos e passarão a se dedicar integralmente às novas unidades, não podendo fazer meio período em cada uma delas. De acordo com a secretaria, os professores e gestores selecionados receberão gratificação de 75%. Os candidatos que não forem chamados na primeira etapa poderão ser convocados ao longo do próximo ano.

A pasta aponta que deve ampliar em 40% o número de alunos beneficiados pelos programas que estendem o período de permanência dos jovens nas escolas.
Apenas nas escolas com novo modelo de regime integral, o número de alunos atendidos deverá chegar a 53 mil. Com outros programas, como o de ensino técnico e de aulas de idioma em período oposto ao do ensino regular, o total de estudantes que passam em média 8 horas na escola subirá de 419 mil para 596 mil.