O Estado de São Paulo registra, desde a segunda-feira (15), o maior número de pacientes internados pela Covid-19 em toda a pandemia: são 24.285 pessoas, sendo 10.507 em UTIs e 13.778 em enfermaria. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, é o segundo dia consecutivo que o número de pacientes em UTIs ultrapassa a marca de 10 mil, após aumentos sucessivos na última semana.

As taxas de ocupação dos leitos de UTIs registradas nesta segunda-feira são de 90,5% na Grande São Paulo e 89% no Estado. Os balanços acumulados da pandemia totalizam 2.208.242 casos confirmados pela doença e 64.223 óbitos nesta segunda-feira.
 

Pacientes com Covid-19

As taxas de ocupação dos leitos de UTIs registradas nesta segunda-feira são de 90,5% na Grande São Paulo 

A fase emergencial, em vigor desde segunda-feira (15), tem medidas mais duras de restrição, que se estendem até o dia 30, e tem como objetivo garantir a assistência a vida e conter a sobrecarga em hospitais de todo o estado, além de frear o aumento de novos casos, internações e mortes pelo novo coronavírus.

Com o agravamento da pandemia, o Governo de SP reforça a importância sobre o respeito ao Plano São Paulo e as medidas de distanciamento pessoal, uso de máscaras e higiene das mãos.

Entre o total de casos diagnosticados de Covid-19 no estado, 1.950.306 pessoas estão recuperadas, sendo que 219.4616 foram internadas e tiveram alta hospitalar. Os 645 municípios têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 631 com um ou mais óbitos.
Leia Mais:
Moderna começa testes da vacina contra covid-19 em crianças e bebês
Distrito Federal vai contratar empresa para montagem de hospitais de campanha