Ministério da Saúde antecipa 600 mil doses da vacina pediátrica contra Covid-19 da Pfizer

Agência Brasil
10/01/2022 às 12:09.
Atualizado em 18/01/2022 às 00:51
 (Facebook / Reprodução)

(Facebook / Reprodução)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta segunda-feira (10) ter conseguido antecipar 600 mil doses da vacina pediátrica da Pfizer contra Covid-19. Ao defender a forma como o governo tem conduzido o combate à pandemia, Queiroga disse que a fabricação ou a importação de doses de vacina só podem ser feitas após a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Caso contrário, a situação configuraria crime sanitário, disse o ministro.

“Conseguimos antecipar com a Pfizer mais 600 mil doses da vacina pediátrica agora no mês de janeiro. Então serão 4,3 milhões de doses de vacina”, informou Queiroga nesta manhã ao passar pela portaria do ministério.

Segundo ele, o trâmite para aquisição e distribuição de vacinas no país é satisfatório, se comparado a outros países. “A indústria farmacêutica só pode deflagrar produção de doses após o aval da agência regulatória [Anvisa]. Então doses não aprovadas pela agência regulatória não podem adentrar no país, sob pena de caracterizar até mesmo crime sanitário”, argumentou o ministro.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por