O Ministério da Saúde informou que irá custear a atuação de 2,9 mil médicos temporários por mais um ano. Os profissionais atuam no programa Mais Médicos e teriam o contrato encerrado em abril.

Os trabalhadores que não desejarem continuar atuando no programa devem se manifestar entre 5 e 8 de abril. Para manter a remuneração, o trabalhador não pode ter carga horária incompatível com o exigido no Mais Médicos.
 

Covid

 Pesquisa e extensão em áreas prioritárias para o Sistema Único de Saúde (SUS)

Em relação à formação, o médico precisa ter cumprido as tarefas do primeiro ano de programa e realizar ações de ensino, pesquisa e extensão em áreas prioritárias para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia mais:
113 novos leitos de UTI Covid são abertos em BH; taxa de ocupação cai para 100,7%
BH tem 200 pacientes sem leitos e mortes por falta de respiradores e UTI, denuncia sindicato