BRASÍLIA - A ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, pediu nesta quarta-feira (16) à Polícia Federal que investigue e responsabilize os autores do blog "Joselito Müller - jornalismo destemido", de notícias falsas. 
 
Sob o título "Maria do Rosário se comove ao ver vídeo de assaltante baleado", o site veicula, desde terça-feira (15), texto que atribui à ministra frases como: "É necessário compreender que quando uma pessoa dessas, vítima do capitalismo selvagem, atira em alguém, fomos nós que lhes demos a arma e a municiamos". 
 
"A Secretária Nacional de Direitos Humanos, Maria do Rosário, declarou essa manhã que ficou 'comovida' ao assistir vídeo que virou viral na internet, que mostra um policial alvejando um assaltante, logo após este último tentar roubar a moto de um cidadão", diz o site, que não revela a identidade de seus autores. 
 
"Atenção: Este é um blog de zuação! Não leve a sério, embora os textos sejam verossímeis", dizem os autores. Entre as notícias veiculadas pelo blog, estão: "Flamengo passará a exigir certidão de antecedentes criminais para contratar jogador", "Brasil exportará maconha para o Uruguai" e "Atendendo a agenda do politicamente correto, Marta Suplicy manda mudar nome do escultor Aleijadinho". 
 
Em nota, a Secretaria Nacional de Direitos Humanos diz que solicitou à empresa que hospeda o site que retire o conteúdo do ar. "Ao atribuir falsas declarações à ministra, o blog comete um ato criminoso e fere princípios éticos fundamentais", diz a pasta. 
 
"Sou defensora plena da liberdade de expressão, mas a manipulação é inadmissível. No caso específico, minha opinião é clara: o policial agiu dentro da lei", diz a ministra, em nota. 
 
A reportagem tentou contato com os autores do blog por meio de mensagens no próprio site, mas, até a última atualização desta reportagem, ainda não tinha obtido retorno.