O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, retornou nesta sexta-feira (4) ao Brasil. Quatorze dias após anunciar que tinha contraído a Covid-19 e de cumprir o isolamento em um hotel de Nova York, nos Estados Unidos, Queiroga desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, no início da manhã. Da cidade paulista, ele seguiu em outro voo para Brasília.

Queiroga não tem agenda para esta segunda-feira e o ministério não informou se ele deve retomar as atividades oficiais já a partir desta terça-feira (5). Ao desembarcar, em São Paulo, o ministro se limitou a dizer a jornalistas que o aguardavam no aeroporto que descansaria da viagem.

Ministro Marcelo Queiroga

Queiroga não tem agenda para esta segunda-feira e o ministério não informou se ele deve retomar as atividades oficiais já a partir desta terça-feira (5)

Queiroga anunciou que tinha sido infectado pelo novo Coronavírus em 21 de agosto, quando integrava a comitiva brasileira que viajou a Nova York para participar da 76ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).

Além do ministro, ao menos outros três membros da comitiva testaram positivo para a Covid-19: um funcionário do cerimonial do Palácio do Planalto que chegou dias antes a Nova York a fim de cuidar dos preparativos para a chegada do presidente Jair Bolsonaro e equipe; o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Devido à doença e em respeito às regras sanitárias dos Estados Unidos, Queiroga teve que permanecer isolado em um hotel até testar negativo para a doença. Neste domingo (3), o ministro divulgou em sua conta no Twitter que havia testado negativo e que retornaria em breve ao Brasil.

“Meu novo exame de RT-PCR deu negativo para a Covid-19. Em breve retorno ao Brasil! Agradeço a todos que enviaram boas vibrações. Vamos em frente!", escreveu.

Leia mais:
Minas tem três mortes e 1,6 mil casos de Covid-19 em 24 horas
Adolescentes de 16 anos podem se vacinar contra Covid em BH nesta segunda; veja locais