RIO DE JANEIRO - As sensuais mulheres de areia admiradas pelos turistas na praia de Copacabana cobriram seus seios e nádegas em respeito à visita do papa Francisco.

"Meu trabalho é fazer mulheres de areia, mas, por respeito ao Papa, que vai abençoá-las, mudei sua roupa", explicou à AFP Ubiratan dos Santos, que há 20 anos se dedica a fabricar estas estátuas de areia com curvas sensuais.

O papa Francisco visitará a praia de Copacabana durante sua estada na Jornada Mundial da Juventude (JMJ), de 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro. Lá recepcionará os jovens e a Via Crúcis, os dois principais eventos da JMJ.

A tradicional mulher de areia que geralmente é mostrada de tanga, agora veste um saiote. A seu lado, há uma escultura do papa Francisco sentado em uma cadeira debaixo de uma palmeira de verdade. E na frente, o símbolo de Rio, a estátua do Cristo Redentor, todos de areia.

"Quero que o Papa abençoe a todo mundo, precisamos de sua fé", comenta Ubiratan.

Esculturas de outros artistas também ocultaram os seios de suas obras.