Policiais militares (PMs) estão concentrados no Complexo do Alemão para a reintegração de posse do terreno de uma antiga fábrica de tecidos ocupada por famílias que reivindicam moradia. Integrantes do Batalhão de Choque, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos estão no local, e agentes das unidades de Polícia Pacificadora dão apoio à ação, que também conta com um helicóptero do Grupamento Aeromóvel.

A polícia estima que 400 famílias estão no local, número que teria diminuído desde que a ação foi avisada aos moradores, na semana passada. A fábrica foi ocupada há nove meses, e a decisão judicial que determinou a reintegração de posse é de maio.

O oficial de Justiça responsável pela reintegração chegou ao local por volta das 7h e, desde então, os moradores estão reunidos para decidir o que fazer.

A operação conta com apoio da Guarda Municipal e do Corpo de Bombeiros, que enviou 17 viaturas, sendo quatro ambulâncias. Por motivos estratégicos, a polícia não informou o número de agentes envolvidos.