A partir desta segunda-feira (16), quem tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade de São Paulo já pode se candidatar para adiantar a segunda dose. Podem se inscrever os que tomaram a primeira aplicação há mais de 60 dias no caso da Astrazeneca e da Pfizer. Se o imunizante recebido tiver sido a Coronavac, o intervalo mínimo é de 15 dias. 

A antecipação será feita com doses remanescentes, a chamada xepa. O cadastro deve ser feito em uma das 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) com apresentação do comprovante de residência no município. A aplicação da dose fica sujeita à disponibilidade ao final do dia. Neste domingo (15), a prefeitura concluiu a aplicação da primeira dose em adultos acima de 18 anos.

vacina

A partir desta segunda-feira (16), quem tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade de São Paulo já pode se candidatar para adiantar a segunda dose

Cada UBS organizará uma lista de espera com os usuários da abrangência do posto, ou seja, quem mora, trabalha ou estuda na região da unidade. A chamada é por ordem de inscrição. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, se a unidade de saúde tiver dificuldade para destinar as vacinas remanescentes, as equipes devem acionar a Supervisão Técnica de Saúde para que não haja desperdício.

Leia mais:
Covid-19: Brasil avalia aplicar dose de reforço a público específico
Morre no Rio de Janeiro ex-deputado Simão Sessim