O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, internado desde a última quarta-feira (11) na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, foi transferido hoje (13) para a unidade semi-intensiva. Segundo o boletim médico divulgado há pouco pelo hospital, o quadro de saúde é estável, sem sinais de sangramento. Ele foi internado devido a um sangramento no fígado após procedimento para demarcação da lesão tumoral. Ainda não há previsão de alta hospitalar.

Bruno Covas foi internado no dia 23 de outubro no Sírio-Libanês para tratamento de uma erisipela. Dois dias depois, os médicos diagnosticaram uma trombose venosa das veias fibulares e exames subsequentes apontaram tromboembolismo pulmonar e câncer. O prefeito foi diagnosticado com adenocarcinoma, um tipo de câncer na região de transição do esôfago para o estômago, além de uma metástase no fígado e uma lesão nos linfonodos.


Leia mais:
Bruno Covas será internado para terceira sessão de quimioterapia
Após internação, Bruno Covas volta a despachar na sede da prefeitura
Bruno Covas deixa hospital após 23 dias internado