A Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) anunciou, nesta quinta-feira (21), a devolução de R$33.569,351,45 para a prefeitura de Belo Horizonte. A verba corresponde à economia feita no biênio 2017/2018, quando a Casa estava sob o comando do presidente Henrique Braga (PSDB).

Segundo o secretário municipal de Fazenda, Fuad Noman, e o secretário de obras e Infraestrutura, Josué Valadão, os recursos vão ser destinados ao Orçamento Participativo da cidade.

A cerimônia de entrega do cheque simbólico ocorreu nesta tarde, na secretaria municipal de Fazenda, no Centro da capital, e também contou com a presença da vereadora Nely Aquino (PRTB), eleita presidente da Câmara, em dezembro.

“O valor devolvido foi de R$33,5 milhões. Essa economia foi feita na gestão passada. Nós poderíamos ficar com esse valor até o fim do ano para ser devolvido, e resolvemos adiantar essa devolução, para que o dinheiro seja utilizado realmente naquilo que a cidade precisa, que é a conclusão das obras de OP”, afirmou Nely Aquino.

O Prefeito Alexandre Kalil (PHS), via assessoria de comunicação da prefeitura, agradeceu a ação da Mesa Diretora da Câmara Municipal.

"O trabalho sério é feito pelo executivo junto com o legislativo. Obrigado aos vereadores da minha base na Câmara Municipal, que ajudam a governar para quem precisa”, completou Kalil.