Sofisticado, prático e saudável, o carpaccio tem, pouco a pouco, conquistado as mesas do belo-horizontino, e a marca San Gennaro, do empresário Ricardo Nemer, desponta com uma das opções para o consumidor, tanto nas gôndolas de empórios, padarias e supermercados quanto nas entregas por delivery.

A empresa nasceu em 2010, a partir do preparo para amigos dos finíssimos cortes de carne crua levemente condimentados. O nome é uma homenagem a San Gennaro, padroeiro da cidade italiana de Nápoles. Nos primeiros anos, as vendas se concentravam no delivery, mas desde 2016, com a expansão do negócio, Ricardo tem apostado em várias frentes.

Caminhos

Além da venda em grandes redes, como o Super Nosso, nos próximos meses o produto estará presente no cardápio das pizzarias Pomodori. Ricardo Nemer ainda finaliza um festival de carpaccio para junho, no bairro de Lourdes, em que 12 chefes de cozinha irão preparar a iguaria italiana e outros pratos. No mesmo mês, a San Gennaro ainda vai marcar presença na tradicional Festa Italiana na Savassi.


Sem parar, Ricardo ainda toca um canal no YouTube onde convida chefes consagrados para a elaboração de receitas e faz o chamado “carpaccio ao vivo”, no qual a San Gennaro prepara iguarias em festas e eventos com a participação dos convidados.

O gás para correr atrás de tudo isso, diz o empresário, vem da trajetória com múltiplos caminhos que ele percorreu antes de se firmar no novo empreendim<CW0>ento. Administrador de empresas, Ricardo também tem formação superior em artes cênicas (já fez desde montagens de teatro no Rio até ponta em novela global), além de ter trabalhado como radialista, área onde também tem formação.

CARPACCIO AO VIVO

CARNE CRUA - Fatias finíssimas levemente condimentadas


Versatilidade
O carpaccio nasceu em Veneza nos anos 1950. Reza a lenda que uma nobre italiana tinha deficiência de ferro no sangue e foi orientada pelo médico a comer carne bovina crua. Um renomado chefe, com quem ela tinha amizade, decidiu bater lascas de carne até elas atingirem espessuras mínimas.

Com um toque de sal, pimenta, leite e azeite, nascia o carpaccio, batizado em homenagem ao pintor renascentista Vitor Carpaccio (famoso por telas com tons avermelhados). Hoje, a meta de Ricardo é mostrar para os consumidores que o carpaccio é um prato versátil.

“Por ter baixos índices de gordura e elevados níveis de proteína, ele pode fazer parte do dia a dia das pessoas. Ao mesmo tempo, pelo fácil preparo, é ótimo para ter sempre no freezer e ser servido para aquela visita inesperada”, conta Ri<ET>cardo, que avalia que o consumidor tem se mostrado cada vez mais aberto a novas formas de agradar o paladar.

Para facilitar a vida dos clientes e garantir a qualidade do produto, cada embalagem de 300 gramas (R$ 42,90) tem cinco porções independentes, armazenadas em sistema. Assim, é possível retirar uma porção e retornar com o restante para a geladeira. A empresa garante que as técnicas de armazenamento evitam o acúmulo de sangue e água.