Quem planeja comprar ou trocar de carro sabe que há muitas novidades chegando nos próximos meses. E para te ajudar a escolher em quais apostar, selecionamos dez modelos que prometem bombar em 2020. Assim, quem anda se planejando é bom desde já colher informações sobre o que está por vir e poder fazer sua escolha com bastante calma e cálculos certeiros. 

É uma lista democrática com opções para todos os gostos e bolsos, que partem dos R$ 50 mil e podem chegar bem perto dos R$ 200 mil.

Hyundai HB20
A Hyundai lança na segunda quinzena de setembro o novo HB20. O carro tem sido uma das grandes expectativas do mercado e deverá seguir os traços da versão conceitual Saga, exibida no Salão do Automóvel. Alguns colegas foram até a Coreia do Sul e puderam dar umas voltas no carro, bastante camuflado.

Tecnicamente, o HB20 não sofrerá mudanças significativas. Ele manterá as mesmas medidas de entre-eixos e basicamente passará por uma reformulação estética. 

Seus motores seguiram com opção 1.0 e 1.6, com caixas manual ou automática de seis velocidades. Há expectativa de que a marca traga a versão 1.0 turbo com injeção direta de 120 cv, que substituiria o turbo atual de 106 cv. Já os preços deverão iniciar entre R$ 47 mil e R$ 50 mil.

Chevrolet Onix
O líder de vendas também chega renovado para 2020. Seu lançamento ocorrerá nos próximos meses, logo após o do Onix Sedan. Maior que a geração atual, o hatch se qualifica para brigar no segmento de compactos, seara em que o Polo é a principal referência.

Prisma
O Prisma, ou Onix Sedan, chegará em breve. Ele irá aposentar o veterano Cobalt e fará a estreia do motor 1.0 turbo de aproximadamente 120 cv, que também será adotado no Onix.

Maior e mais qualificado, o sedã segue o mesmo padrão da versão chinesa e deverá concorrer com Virtus, City e Yaris Sedan. A atual geração deverá ser mantida, com uma gama mais enxuta para brigar no segmento de sedãs de entrada.

Peugeot 208
Ele foi revelado há pouco tempo na Europa e já foi flagrado em testes na Argentina. No entanto, não se sabe se será feito em Córdoba ou se virá importado. O novo 208 deverá chegar ao Brasil para compor com a atual geração, que ainda deverá ter sobrevida, apesar do desempenho modesto.

Um dos pontos positivos do leãozinho é seu pacote de conteúdo, que oferece auxílios de direção e demais recursos que elevam a segurança e também o conforto.

Nissan Versa
Se nos Estados Unidos a Ford decretou o fim dos sedãs, no resto do mundo eles vão bem, inclusive por aqui. A nova geração do Versa chega em 2020 para conviver com a atual, produzida na unidade de Resende (RJ). 

Bem mais bonito que o antecessor e com pacote farto de conteúdos e muita eletrônica embarcada, ele virá do México. Sua missão será ganhar terreno no segmento de sedãs compactos, mas terá concorrência pesada com Onix Sedan, Virtus, Yaris Sedan e Honda City.

Toyota Corolla
O Corolla chega no início de setembro totalmente renovado para manter seu reinado. Com visual arrojado e mais conteúdos, o japonês ainda se vangloria de ser o primeiro automóvel híbrido flex do mundo. Resta saber para quanto vai o preço.

Mercedes A Sedan
O Mercedes Classe A Sedan foi o pulo do gato da estrela das três pontas. O Sedã de porte compacto chega para concorrer no segmento inaugurado pelo Audi A3 Sedan e que também é explorado pela BMW, no mercado chinês, com o Série 1 Sedan. No entanto, a grande sacada é que essa Merça chegou com valores que se aproximam das versões mais sofisticadas do sedãs médios nacionais, como o Civic, que já bate na casa dos R$ 135 mil, na versão Touring. O A Sedan estreou por R$ 140 mil e conta com motor turbo 1.3 de 163 cv e 25 mkgf de torque, que oferece comportamento muito parecido com os demais médios do mercado, mas com a vantagem de ter uma estrela brilhando na grade do radiador.

Renegade flex turbo
Nos últimos meses, novos utilitários estrearam com motores mais eficientes, o que tem obrigado os modelos em linha a buscarem soluções para melhorar a relação com o frentista. Com o anúncio da nova linha de motores em Betim, Compass e Renegade deverão ser os primeiros modelos da FCA no Brasil que receberam um dos novos motores, ou os dois. 

A marca italiana começará a equipar seus produtos com os novos motores 1.0 de 130 cv e a unidade 1.3 de 180 cv, da linha GSE. Com isso, tanto Renegade, como o Compass, que são líderes de vendas, conseguirão resolver a principal reclamação, que é o consumo elevado dos motores 1.8 e 2.0 flex.

Renault Duster
A Renault tem postergado a mudança de geração do Duster para não abalar o desempenho do Captur. Mas é inegável que o veterano já cumpriu sua missão com louvor.

A nova geração mantém muito das linhas abrutalhadas do atual e irá estrear o novo motor turbo 1.3 que promete ser bem mais eficiente que o 2.0 e mais esperto que o 1.6.

Ford Territory
O Territory foi confirmado no início de agosto e chegará ao mercado em 2020, importado da China. O SUV, que deverá ter preços na casa dos R$ 160 mil, promete incomodar modelos como Compass, Tiguan, Equinox e 3008. 

Um dos destaques será o pacote de conteúdos que conta com roteador Wi-Fi, assistentes de condução, teto solar panorâmico, acabamento impecável e motor turbo 1.5 da família EcoBoost.