Valorizar a experiência de degustar um bom vinho, além de compartilhar uma adega em meio aos jardins do Palácio das Mangabeiras, na região Centro Sul de Belo Horizonte, em momentos agradáveis com a família e amigos. Se você gostou da proposta, é melhor reservar um tempo na agenda para conhecer a Casa dos Vinhos, espaço assinado pela arquiteta Silvia Carvalho na CasaCor Minas 2019.

O conceito do espaço é o de ser uma edícula que está atrelada ao hobby de colecionar a bebida e degustá-la de uma maneira especial. Para que o visitante se sinta em um verdadeiro universo das vinícolas, o ambiente possui elementos naturais como a pedra, de caráter mais fechado, que reveste tanto as paredes externas como internas, além de madeira e couro, tudo pensado para que a experiência seja inesquecível.

A Casa dos Vinhos tem início com um estar agradável, ideal para se receber visitas. Ainda na entrada do espaço há uma biblioteca com títulos do universo da bebida. Para oferecer todo o conforto no momento da leitura, três poltronas – uma em couro natural em tom marrom fechado e outras duas em veludo cáqui 100% algodão compõem o ambiente. 

“As pessoas que apreciam um bom vinho gostam de estar bem informadas. Elas querem saber sobre a safra, uvas e região, por exemplo. E nesse espaço será possível encontrar tudo isso”, ressalta Sílvia Carvalho.

O ponto alto do projeto é a adega, que tem capacidade para armazenar 400 garrafas e é protegida e isolada do meio externo. O cubo de vidro que invade a sala dá relevância e imponência ao seu propósito de armazenar nobres garrafas e se vale da transparência para que, hora alguma, os vinhos, suspensos por tubos de madeira, deixem de ser protagonistas.

De acordo com Silvia Carvalho, outro diferencial do projeto é que a adega é automatizada. “Por meio de um aplicativo, o visitante consegue selecionar o país em que o vinho que deseja degustar é produzido. Depois de realizar essa escolha, uma luz de led acende para iluminar todos os rótulos oriundos daquela região”, destaca.

Ainda na parte interna do espaço, em frente à adega, há uma mesa redonda de oito lugares que serve para as confrarias dos amantes do vinho. Além disso, uma bancada gourmet para apoio na confecção de pratos e higienização de taças, uma prateleira com várias taças e rótulos raros compõem o projeto. 
Caso a proposta seja brindar na área externa, o deck oferece bastante conforto. O ambiente possui um banco que abraça toda a casa e que também serve de guarda corpo, uma mesa de madeira de tronco cerrado, uma poltrona com espaldar alto e outras menores e bancos espalhados que deixam tudo ainda mais fluido e orgânico. 

 

Carreira da arquiteta se consolidou na última década

Graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais em 2007, a arquiteta Sílvia Carvalho começou a carreira em um escritório de grande porte desenvolvendo projetos residenciais, comerciais e institucionais. Em 2009 criou o próprio escritório e montou equipe para traduzir de forma criativa o próprio estilo.

Ao longo dos últimos anos, Silvia foi se especializando na criação de projetos para adegas residenciais e comerciais, tornando-se uma grande referência na área. 

Para se manter atualizada, Silvia investe constantemente em pesquisa, visitas a vinícolas e estabelecimentos voltados para o vinho, além de vivências com produtores e colecionadores da bebida.

Sobre a CASACOR Minas
A CasaCor é reconhecida como a maior e melhor mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas e reúne, anualmente, renomados profissionais. 

Em 2019 chega à 25ª edição em Minas Gerais e com mais de 20 eventos nacionais (Alagoas, Bahia, Brasília, Campinas, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Interior de SP, Litoral de SP, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina) e seis internacionais (Miami, Peru, Chile, Equador, Bolívia e Paraguai).

 

 

 



SERVIÇOS
Site: www.casacor.com 
Facebook: www.facebook.com/casacorminas
Instagram: @casacorminas