Quando os executivos da Hyundai bateram no peito para dizer que não manteria as duas gerações do HB20 em linha, não era uma afirmação solta no discurso, mas um posicionamento de um comportamento tradicional no mercado brasileiro, que mantém carrocerias velhas em produção, após a chegada de uma nova geração.

Principalmente nos segmentos de entrada, onde o preço fala mais alto que a novidade e conteúdo embarcado. Assim, não era surpresa para ninguém que a General Motors manteria em linha o Prisma, assim como a geração passada do Onix. O Sedã, no entanto, a ser chamado de Joy Plus para manter correlação com o novo compacto e também identificar a versão de entrada. Com preço de 51.290, a versão se posiciona como o três volumes mais barato da marca.

joy plus

VELHO GUERREIRO – O Prisma cumpriu sua missão como sedã líder de mercado e passa a se chamar Joy Plus para manter identificação com seu sucessor mais moderno, que acabou de chegar

Debaixo do capô o Joy Plus mantém o velho motor 1.0 de 80 cv e 9,8 mkfg de torque, combinado com caixa manual de seis marchas. Por dentro, o modelo é bastante espartano e conta apenas com ar-condicionado, direção elétrica e vidros dianteiros elétricos. Rádio ou central multimídia não figuram na lista de série e podem ser incluídos como acessório, assim como sensor de ré e ajuste elétrico dos retrovisores.

Como se trata de uma versão de entrada, ele também abre mão de rodas de liga leve, faróis de neblina e retrovisores pintados na cor da carroceria. No entanto, a GM oferece o pacote Black, que inclui calotas escurecidas e luz diurna em LED. 

Casa nova

Com a chegada da nova geração, fabricada em Gravataí (RS), o Joy Plus teve sua produção transferida para São Caetano do Sul. Da planta centenária também saem modelos como S10, Cobalt e Spin.

Apesar de defasado diante do Onix Plus, o veterano é um produto estratégico na gama da General Motors. Ele custa cerca R$ 8 mil a menos que a versão mais barata da nova geração. Uma diferença considerável para aquele consumidor que busca um três volumes de acesso e que, certamente, terá que financiar uma boa parte desse valor. 

Assim, com o Joy Plus a GM mantém um competidor na base do segmento de sedãs, faixa de preço em que figuram as versões de entrada de Voyage, Logan, Ka Sedan e o veterano Grand Siena, com valores entre R$ 48 mil e R$ 52 mil.

Assista também!