TIRADENTES (MG) - A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), lanca neste sábado (22), durante o Festival de Gastronomia de Tiradentes, o Programa Codemig de Incentivo à Indústria Criativa, voltado para o fomento de setores como a gastronomia, audiovisual, design, moda, música e novas mídias.
 
Ate 2018, R$ 20 milhões serão investidos no setor como tentativa de diversificar os pilares da economia no Estado. Hoje, mais de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas estão concentrados na siderurgia e na mineração, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI).
 
Na próxima terça-feira (25), dois editais com recursos de R$ 1,5 milhão cada um, serão lançados com foco na produção audiovisual e a festivais gastronômicos. Cada um contará com recursos de R$ 1,5 milhão e fazem parte da política do Estado de alinhamento com a nova economia por meio da criação e produção de negócios e projetos criativos; comercialização e empreendedorismo; infraestrutura e mão de obra; distribuição e exibição; e formação de público e consumo.
 
"A indústria já começa a perceber que investir num profissional criativo proporciona produtos com uma competitividade", avaliou a diretora de fomento à Indústria Criativa da Codemig, Fernanda Machado, durante o lançamento do programa em Tiradentes.
 
O 18 Festival de Gastronomia de Tiradentes teve inicio nessa sexta-feira (21) e vai até o dia 30 de agosto. Mais informações no site do evento.