Sem a tão sonhada queda do dólar após as eleições, o mineiro decidiu se enveredar pelo Estado para comemorar a passagem do ano. A cotação próxima dos R$ 4 encarece viagens internacionais e passagens aéreas também pelo Brasil, já que o câmbio influencia os custos do combustível da aviação, conforme o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagem em Minas Gerais (Abav-MG), José Maurício de Miranda. 

Mas se os turistas chiam, os proprietários de hotéis fazendas e pousadas em Minas agradecem. Com preços que chegam a R$ 3,7 mil para o casal, há quem tenha atingido a taxa de ocupação máxima há mais de duas semanas. Outros estabelecimentos caminham para o mesmo desempenho.

Na pousada da Serra, localizada ao lado do Pico do Ibituruna, no Vale do Aço, as reservas esgotaram no final do novembro. O proprietário, Sérgio Sobreira, já esperava uma melhora nos negócios, mas ficou surpreso com a rapidez com que as 14 unidades foram reservadas. E até hoje tem gente ligando para a pousada, que fica ao lado do Pico do Ibituruna, um dos locais mais famosos para a prática do voo livre, no Vale do Aço. 

O chamariz é a fartura oferecida no Réveillon. Além do buffet liberado na ceia, a festa conta com música ao vivo. O pacote, que vai de domingo a terça, custa R$ 1.198 para o casal. Nele, está incluído café da manhã, almoço, jantar e até petiscos. Quem quiser se hospedar de sexta a domingo paga cerca de R$ 2.200 para o casal. 

Hotel Fazenda Confins

Investir em publicidade e em atrações deu resultado para o Hotel Fazenda Confins 

Em Carandaí, na região Central do Estado, o Estalagem Fazenda Lazer oferece pacote de sábado a terça, com pensão completa, recreação para crianças e ceia na noite do Réveillon por R$ 3.128 para o casal. 

“Se você colocar na ponta do lápis, o valor é muito menor do que o necessário para fazer uma viagem para a praia, por exemplo. Afinal, na pousada o casal não tem que arcar com alimentação e a própria festa”, diz o gerente comercial do estabelecimento, Flávio Augusto.

A previsão do gerente é a de que a taxa de ocupação do hotel fazenda chegue a 100%. O índice é semelhante ao registrado em 2017, no entanto, ele acredita que em 2018 os hóspedes se decidirão mais cedo. “Os turistas costumam deixar a reserva para a última hora, mas isso tem diminuído. Acho que, com a melhora na economia, ainda que lenta, eles têm medo de ficar sem a vaga”, pondera.

Na Cipó Veraneio, na entrada da Serra do Cipó, 18 dos 32 quartos já estão reservados para o Réveillon. “Ano passado, a essa altura, nós só tínhamos 10 quartos reservados. O cenário em 2018 é mais positivo do que no ano passado e para 2019 as previsões são ainda melhores”, diz a subgerente Camila Moreira Morais.

Ela acredita que o clima também cooperou para o aumento das reservas. “Ano passado choveu nessa época e agora o clima está firme. Estamos ao lado de uma cachoeira e temos piscina ao ar livre. Isso conta muito”, diz 
A festa na pousada inclui buffet completo, com ceia e bebidas. Todos os dias do pacote, que vai de 29 a 1º, a alimentação completa está incluída. O valor para o casal é de R$ 2.900. 

Estalagem Hotel Fazenda

Segundo o gerente da Estalagem Fazenda Lazer, em Carandaí, pacote de 
para o casal no Réveillon fica mais barato que viajar para a praia 

Investimento em marketing ajuda a atrair hóspedes 

Além da elevação da moeda norte-americana, o investimento em marketing e propaganda contribuiu para dar visibilidade aos hotéis fazendas, segundo afirma o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira em Minas Gerais (ABIH-MG), Diogo Paixão. 

“Com o desaquecimento do setor hoteleiro, as empresas precisaram investir pesado para serem lembradas. O boca a boca, que era comum no passado, não foi suficiente para atrair os hóspedes durante a crise e os hotéis precisaram ficar ainda mais atrativos”, diz. 

Investir em publicidade e em atrações deu resultado para o Hotel Fazenda Confins. “O mercado deu uma aquecida significativa no segundo semestre de 2018. Tanto as reservas de pessoa física quanto jurídica estão muito melhores do que no ano passado”, afirma a diretora comercial do estabelecimento, Vânia Maria de Moura. Prova disso é que dos 35 apartamentos e chalés disponíveis no estabelecimento, 34 já estão reservados para o Réveillon.

No local, a passagem do ano com ceia animada por música ao vivo e todas as refeições incluídas sai por R$ 3.799 para o casal. O pacote vale de sexta, 28, até terça, 1º de janeiro.