Se as eleições municipais fossem hoje, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) poderia ser reeleito em Belo Horizonte. A pesquisa de opinião pública realizada pelo instituto Paraná Pesquisas mostra que o nome de Kalil é o mais lembrado para o pleito de 2020. O estudo foi feito junto a 812 eleitores de BH entre os dias 28 de novembro e 2 de dezembro. 

Ao serem questionados sobre em quem votariam se as eleições para prefeito fossem hoje, 16,7% dos entrevistados citaram Kalil. Outros nomes como Marcio Lacerda, Áurea Carolina, Fernando Pimentel e Patrus Ananias também foram lembrados, mas por apenas 1% ou menos de 1% dos eleitores. Este tipo de pesquisa é chamada de "espontânea", pois não dá opções para o entrevistado de modo a induzí-lo a votar em alguém em específico.

Confira abaixo:

PesquisaClique para ampliar 

Já na pesquisa "estimulada", que o mesmo questionamento anterior é feito, porém, com as opções expostas para o entrevistado escolher, Kalil também desponta na preferência, mas com 43,6% do eleitorado.  

Em segundo lugar vem o ex-prefeito de Belo Horizonte Marcio Lacerda, com 12,1% dos votos, seguido pela deputada federal Áurea Carolina, com 4,9%. Não souberam responder são 5,3% dos entrevistados e não escolheram nenhum dos hipotéticos candidatos, 12,4%.

Veja, abaixo:

Cenário 1Clique para ampliar 

Foi levantado, ainda, um segundo cenário de candidatos no qual Kalil também arrematou a maior parte das escolhas dos entrevistados (48,6%):

Cenário 2Clique para ampliar 

A tendência segue o índice de aprovação do prefeito, que é de 73%, o que significa um aumento em relação à última pesquisa, feita em agosto, quando este índice era de 71,5%. 

Avaliação do governo estadual 

A pesquisa também considerou a opinião dos entrevistados em relação ao primeiro ano da nova gestão no governo de Minas. Questionados sobre a administração do governador Romeu Zema, 35,2% dos eleitores a avalia como regular, enquanto 35,1% a consideram ótima ou boa, e 27,3% a consideram ruim ou péssima. 

A pergunta também se estende a aprovação do governo, e o resultado é que a maioria do eleitorado de BH (53,7%) aprova a atual gestão, enquanto 42% desaprova.

Confira, abaixo:

ZemaClique para ampliar 

Avaliação do governo federal

Os eleitores de Belo Horizonte também foram questionados sobre o governo de Jair Bolsonaro, e o resultado da pesquisa é que 51,6% dos entrevistados aprovam a administração do presidente até o momento, enquanto 45,3% desaprova. 

BolsonaroClique para ampliar