A disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) é liderada por Alexandre Kalil (PSD). Ele está à frente tanto no cenário espontâneo quanto no estimulado, mostra levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas. O primeiro turno da eleição municipal acontece em 15 de novembro.

O novo levantamento, encomendado pela Band News, confirma o cenário presentado pelo Hoje em Dia na semana passada, da Quaest Consultoria e Pesquisa, que também colocava o atual chefe do Executivo na liderança da corrida eleitoral.

Na citação espontânea – na qual nenhum nome é apresentado ao entrevistado -, Kalil tem 26,7% das intenções de voto. A deputada federal Áurea Carolina (PSOL) aparece em segundo com 1,5%, seguida por João Vitor Xavier (Cidadania), com 0,6%.

Já no cenário estimulado – no qual a Paraná Pesquisas apresentou 14 candidatos – Alexandre Kalil tem 55,9% das intenções de voto. João Vítor Xavier aparece em segundo lugar, com 6,5% da preferência do eleitorado.

Áurea Carolina, com 4,1%, e o ex-secretário estadual Rodrigo Paiva (Novo), com 3%, estão em terceiro e quarto. O deputado estadual Bruno Engler (PRTB) e professor Wendel Mesquita (Solidariedade) receberam 2,1% das intenções de voto cada um.

Nilmário Miranda (PT), que nesta semana teve apoio declarado do ex-presidente Lula, está em sexto, com 2%. Os demais postulantes ao cargo de prefeito de BH somam 3,1% das intenções de voto.

Presidente do Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo declarou, em entrevista à rádio Band News, que esse cenário pode apresentar modificações após o início da propaganda eleitoral. Segundo ele, a pandemia do novo coronavírus tem ajudado os atuais prefeitos.

"Até outubro a tendência é para o Kalil. A pandemia ajudou os prefeitos. Os que estavam na frente continuaram na frente. Com o início do horário eleitoral, se torna mais igualitário", avaliou.

Registro

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 820 eleitores entre 22 e 25 de julho de 2020. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MG- 03074/2020. A margem estimada de erro é de 3,5%.

Leia mais:
Kalil lidera disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte, aponta pesquisa
Pesquisa revela avaliação da população de BH aos governos federal, estadual e municipal
Aprovação à gestão Kalil é de 59%