Nove municípios mineiros têm mais de 200 mil eleitores, o que abre a possibilidade de um 2º turno para definir o próximo prefeito. Nessas localidades, a nova disputa depende dos votos válidos - excluídos os brancos e nulos. Para se eleger neste domingo (15), não basta ser o 1º colocado. É preciso obter mais da metade desses votos.

O 2º turno, caso ocorra, está previsto para 29 de novembro. Confira, abaixo, as cidades que podem ter novo pleito daqui a duas semanas:

Cidades segundo turno

Na capital, 15 nomes disputam o cargo de prefeito. O candidato à reeleição, Alexandre Kalil (PSD), aparece em vantagem – acima dos 60% – conforme as últimas pesquisas.

Segundo maior colégio eleitoral do Estado, Uberlândia, no Triângulo, tem oito postulantes à administração municipal. O atual prefeito, Odelmo Leão (PP), também é apontado como favorito.

Disputa acirrada

Em Contagem, na Grande BH, também são 15 concorrentes. Lá, os últimos levantamentos indicam a possibilidade de 2º turno entre a deputada estadual e ex-prefeita Marília Campos (PT) e o advogado Felipe Saliba (DEM).

Já em Juiz de Fora, na Zona da Mata, são dez candidatos. As pesquisas mostram uma disputa acirrada entre a professora e deputada federal Margarida Salomão (PT) e o engenheiro Wilson Rezato (PSB).