A Comissão de Fiscalização e Controle (CTFC) do Senado aprovou nesta terça-feira (8) a convocação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, para prestar esclarecimentos sobre o caso das candidaturas laranja do PSL em Minas Gerais em 2018.

A audiência foi marcada para o dia 22 de outubro. Na condição de convocado, Marcelo Álvaro Antonio é obrigado a comparecer.

Na semana passada, o Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais denunciou 11 pessoas por crimes envolvendo as candidaturas laranja do PSL no estado. Entre os denunciados, está o ministro do Turismo. Segundo a denúncia, foram cometidos os crimes de falsidade ideológica, de apropriação indébita eleitoral e de associação criminosa.

Marcelo Álvaro Antonio nega irregularidades. Em nota, o ministro reafirma confiança na Justiça e reforça a convicção de que “a verdade prevalecerá e sua inocência será comprovada”.

Leia mais:
'Que pague pela bandidagem que cometeu', diz candidata que denunciou ministro
MP denuncia ministro do Turismo e mais 10 por suspeita de candidaturas laranjas
Indiciado pela PF por candidaturas 'laranjas', ministro do Turismo é mantido por Bolsonaro
PF indicia ministro do Turismo por esquema de candidaturas laranjas em Minas