A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de BH, conseguiu um empréstimo de R$ 508 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O financiamento tem prazo de 17 anos e data final para amortização em 15 de dezembro de 2035.
A operação corresponde a 70% dos investimentos financiáveis, conforme a empresa. Os recursos serão utilizados para amortizar o empréstimo-ponte de R$ 405 milhões, que tinha data de vencimento prevista para novembro de 2018.

Segundo a BH Airport, esses recursos foram utilizados na conclusão de grande parte das obras previstas no contrato de concessão que incluíram a implantação de um novo terminal que ampliou a capacidade de movimentação para 22 milhões de passageiros por ano, a ampliação do pátio de aeronaves, reformas e adequações nos terminais de passageiros e de cargas existentes.

Além destes projetos a instituição citou a ampliação significativa da oferta de lojas, restaurantes, vagas de estacionamento e outras comodidades, bem como a melhoria da qualidade dos serviços. Desde que a BH Airport assumiu as operações, em agosto de 2014, o índice de satisfação do passageiro passou de 3,31 para 4,62 (em uma escala de 0 a 5) elevando o Aeroporto à segunda colocação entre os melhores do país, de acordo com Pesquisa realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

“A aprovação deste financiamento demonstra que a BH Airport possui fundamentos sólidos e vem conseguindo cumprir todos os compromissos pactuados para manter o Aeroporto Internacional de BH entre os melhores do país”, disse o diretor-presidente da BH Airport, Adriano Pinho.
A BH Airport ainda reiterou a sua crença no Programa de Concessões.