Embora o Carnaval de Belo Horizonte possa movimentar cerca de R$ 1 bilhão, as lojas de rua não funcionarão todos os dias durante a folia. Por isso, o folião que deixar para comprar a fantasia, purpurina, confetes e acessórios para a última hora pode encontrar dificuldade. 
 
No sábado e no domingo, o comércio funcionará normalmente. Mas na segunda-feira de carnaval ( de fevereiro), a Câmara de Dirigentes Lojitas (CDL-BH) informou que o "comércio não funcionará" em razão da "comemoração do Dia do Comérciário".
 
A terça e a qurata também são feriados, mas há possibilidade de as lojas abrirem as portas com base na Lei da Liberdade Econômica. 
 
Já nos shoppings, a atividade é definida pela administração de cada centro de compras, desde que não contraie o que estiver previsto em lei ou convenção coletiva de trabalho.
 
Confira como ficará o comércio de rua:
 
Dia 22 (sábado) - funcionamento normal
 
Dia 23 (domingo) - funcionamento normal
 
Dia 24 (segunda-feira) - comércio não funciona (comemoração do Dia do Comérciário)
 
Dia 25 (terça-feira) - feriado com possibilidade de funcionamento (Lei nº. 13.874/19 – Lei da Liberdade Econômica
 
Dia 26 (quarta-feira) - feriado com possibilidade de funcionamento (Lei nº. 13.874/19 – Lei da Liberdade Econômica