Oitenta e quatro pessoas morreram e outras 31 estão internadas em hospitais, sendo 13 em estado grave, após ingerirem bebida contaminada em Mumbai, no pior incidente deste tipo em mais de uma década na Índia, informou a polícia local neste sábado (20).

O incidente ocorreu na noite da última quarta-feira, no bairro de Malad, no Norte da capital financeira indiana. Quem tomou a bebida passou mal imediatamente.

O vice-comissário Dhananjay Kulkarni disse que a polícia prendeu cinco pessoas que transportavam e vendiam a bebida caseira adulterada. A agência de notícias Press Trust of India informou que oito policiais foram presos por negligência no dever.

Em 2004, 104 pessoas morreram depois de beber um licor falso, também em Mumbai. As mortes decorrentes de bebidas alcoólicas ilegais são comuns na Índia porque a população mais pobre não consegue arcar com bebidas licenciadas. A bebida ilícita frequentemente é batizada com produtos químicos como pesticidas para aumentar sua potência.