A Coreia do Norte disparou dois projéteis, que autoridades japonesas disseram parecer mísseis balísticos, no mar entre a Península Coreana e o Japão nesta quinta-feira (31), de acordo com a guarda costeira japonesa e as Forças Armadas sul-coreanas.

Os dois "projéteis não-identificados" foram disparados da Província de Phyongan do Sul, na região central do país, disse o Estado Maior Conjunto da Coreia do Sul em um comunicado.

missel

Projéteis foram disparados da Província de Phyongan do Sul


Autoridades japonesas disseram que os projéteis caíram do lado de fora da Zona Econômica Exclusiva do Japão, que se estende a 370 km da terra firme.

"Objetos que pareciam ser mísseis balísticos foram lançados da Coreia do Norte", disse o Ministério da Defesa do Japão em nota. "Eles não caíram no nosso território."

A base aérea dos Estados Unidos localizada em Misawa, a 1.127 km ao norte de Tóquio, emitiu um "alerta real de míssil" e fez um apelo a seus funcionários para buscar abrigo, antes de emitir um aviso de "tudo seguro".

Os novos disparos foram realizados no momento em que as negociações entre Coreia do Norte e Estados Unidos estão paralisadas. As conversações permanecem estagnadas desde o fracasso, em fevereiro, da segunda reunião entre o dirigente norte-coreano, Kim Jong-un, e o presidente americano, Donald Trump, em Hanói.

Desde então, Pyongyang elevou o tom com uma série de testes de mísseis.