Os casos de Covid-19 registrados no país, desde o início da pandemia, no ano passado, chegaram, nesta segunda-feira, ao total de  21.735.560, em todo o país. Em 24 horas, secretarias de Saúde de estados e municípios registraram 5.797 novos casos da doença. Nesse domingo (24), a soma de casos acumulados estava em 21.729.763.

Há 207.213 casos de pessoas que tiveram o quadro de covid-19 confirmado e permanecem em acompanhamento.

As mortes provocadas pelo coronavírus foram para 605.804. Entre domingo e esta segunda-feira (25), órgãos de saúde confirmaram 160 mortes. Ontem, o painel de informações da pandemia marcava 605.644 óbitos.

Há 3.041 óbitos em investigação, porque há casos em que o paciente morreu, mas a investigação se a causa foi covid-19 ainda demanda exames e procedimentos posteriores.

Os dados foram divulgados na noite desta segunda-feira no balanço diário do Ministério da Saúde. O documento consolida informações sobre casos e mortes levantadas pelas secretarias municipais e estaduais de Saúde.

Até esta segunda-feira, 20.922.633 pessoas se recuperaram da covid-19. O número corresponde a 96,3% das pessoas que contraíram a doença desde o início da pandemia.  

Os números em geral são menores aos sábados, domingos e segundas-feiras em razão da redução de equipes para a alimentação dos dados. Após os fins-de-semana ou feriados, em geral, há mais registros diários pelo acúmulo de dados atualizados.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, no topo do ranking de estados com mais mortes por covid-19 registradas até o momento estão São Paulo (151.545), Rio de Janeiro (68.004), Minas Gerais (55.401), Paraná (40.291) e Rio Grande do Sul (35.334).

Os estados com menos óbitos são Acre (1.844), Amapá (1.991), Roraima (2.029), Tocantins (3.864) e Sergipe (6.027).

Vacinação

No total, até o início da noite desta segunda-feira, o sistema do Ministério da Saúde registrou a aplicação de 269,1 milhões de doses no Brasil, sendo 153,6 milhões da primeira dose e 115,4 milhões da segunda dose e dose única.

Quando considerados apenas os dados consolidados no sistema do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, foram aplicadas 265,5 milhões, sendo 150,3 milhões da primeira dose e 109,1 milhões da segunda dose.

Foram aplicadas de 5,8 milhões doses de reforço e 286 mil doses adicionais de imunossuprimidos. No total, foram distribuídas 320 milhões de doses a estados e municípios, tendo sido entregues 313,8 milhões e 6,1 milhões estão em processo de distribuição.