O turbulência envolvendo o presidente Michel Temer (PMDB) causou um forte estresse no mercado econômico. A Bovespa, a bolsa de valores brasileira, interrompeu as atividades para controlar as variação dos índices. Chamado de circuit breaker, este mecanismo não era utilizado no país desde 2008.

A suspensão das operações ocorreu pouco depois da abertura, diante de uma queda de mais de 10% do índice Ibovespa. Para tentar acalmar os ânimos, o Banco Central divulgou nota garantindo que vai proteger a economia. 

"O Banco Central está monitorando o impacto das informações recentemente divulgadas pela imprensa e atuará para manter a plena funcionalidade dos mercados", emitiu por meio de nota.

"Esse monitoramento e atuação têm foco no bom funcionamento dos mercados. Não há relação direta e mecânica com a política monetária, que continuará focada nos seus objetivos tradicionais", prosseguiu.

Leia mais:
PF cumpre mandado de busca e apreensão na casa de Zezé Perrella
Procuradores da Lava Jato dizem que corrupção é geral e pedem renovação em 2018
Temer está reunido com ministros e avalia possibilidade de pronunciamento

Circuit breaker

O circuit braker é um mecanismo de controle da variação dos índices. Quando as cotações superam limites estabelecidos de alta ou de baixa, as negociações são interrompidas, para evitar movimentos muito bruscos. Ao todo, o país já teve pelo menos 16 episódios de circuit breaker.