Pelo terceiro mês consecutivo, o valor da cesta básica registrou recuo em Belo Horizonte, caindo, em julho, para R$ 434,66. A diminuição foi puxada pela queda no preço do tomate, vilão de várias altas neste período.

Os dados são da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis de Minas Gerais (Ipead/UFMG). O tomate passou a valer menos, com queda de 7,8%, em razão da chegada de nova safra, o que aumentou a oferta no mercado.

"Na comparação com junho, o recuo no preço da cesta básica foi de 0,83%", disse a coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento da Fundação Ipead/UFMG, Thaize Martins.

Desta forma, em relação ao salário mínimo (R$ 998), o valor da cesta corresponde a 43,55%.

Em junho, a cesta valia R$ 438,31. Em maio, R$ 445,09.