A delegada Tatiane Damaris, que atuava como assistente da 36ª DP, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio, foi encontrada morta em sua casa, em Realengo, na mesma região, na tarde desta quinta-feira (23).

As circunstâncias da morte ainda não foram divulgadas pela Polícia Civil, que convocou uma reunião de emergência com outros delegados que atuam na zona oeste do Rio. Esse encontro está acontecendo nesta tarde.

Tatiane já havia recebido ameaças de milicianos. Santa Cruz é um dos bairros da cidade onde a ação de milícias é mais frequente.