Dia de Finados: preço do caixão subiu 27% em um ano

Liziane Lopes
llopes@hojeemdia.com.br
31/10/2016 às 11:05.
Atualizado em 15/11/2021 às 21:27
 (Fábio Rodrigues Pozzebom)

(Fábio Rodrigues Pozzebom)

custo de um velório, que pode variar entre R$150 e R$3 mil.

O preço do túmulo apresentou variação de 488,39%, com preços que vão de R$3.739 a R$22 mil. Na exumação pode ser processo de cremação, o preço cobrado para uso imediato é de R$3.800 a R$ 5 mil, aumento de 31,58%.

Um caixão mais simples pode custar de R$256 a R$1.900, variação de 642,19%. O serviço funerário completo mais variar de R$150 a R$350, aumento de 133,33%. 

O levantamento também trouxe o preços das flores, com grande procura neste dia de finados. O vaso médio de crisântemo apresentou variação de 608,33%, com preços que ficam entre R$12 e R$85. Um ramo de gipsofila paniculata varia 500%, sendo o menor preço de R$10 e o maior de R$60,00. Já a duzia de antúrio híbrido pode ser encontrada de R$25 a R$120, variação de 380%. Mesmo caso da dúzia de gérbera, que pode custar entre R$25 e R$120.

Se comparado os preços atuais com outubro de 2015, a pesquisa constatou aumento de 27,39%, no preço do caixão, que subiu de R$548,17 para R$698,33. A exumação passou de R$467,71 para R$577,63, alta de 23,50%. O sepultamento aumentou 20,7%, passando de R$283,96 para R$342,75. Já a cremação sofreu queda de 19,57%, reduzindo de R$5.719 para R$4.600. O velório que custava R$657, após uma queda de 5,69%, passou para R$619,67.

A pesquisa concluiu que quem optar pelo serviço de menor preço gastará em torno de R$5641. Já quem optar pelo serviço de maior preço vai gastar em média R$31.530. A variação correspondente entre o serviço mais caro e o mais barato é de 458%. Portanto,quem deseja buscar um serviço acessível e de qualidade, deve pesquisar.

A pesquisa completa está disponível no site www.mercadomineiro.com.br.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por