O empresário Donald Trump, pré-candidato do Partido Republicano à Presidência dos EUA, ignorou o uso de suas falas por militantes extremistas em um vídeo para atrair recrutas.

Trump, que lidera as intenções de voto entre os pré-candidatos republicanos, disse que não é surpresa alguma que extremistas usem suas palavras para a fazer propaganda sobre o terror.

O vídeo de 51 minutos, feito pelo al-Shabab, um grupo filiado à Al-Qaeda na Somália, usa declarações de Trump contra muçulmanos para atrair novos combatentes. Há pouco mais de um mês o empresário disse que, se eleito, iria proibir a entrada de islâmicos nos Estados Unidos. Fonte: Associated Press.