Pelo menos duas pessoas ficaram feridas após uma explosão destruir parte de um prédio em São Conrado, bairro nobre da zona sul do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira (18). Vários andares do edifício, localizado na Rua General Olímpio Mourão Filho, foram afetados. Os destroços caíram no playground do prédio, perto da piscina. O edifício tem 18 andares e 72 apartamentos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, que atua no local com agentes dos quartéis da Gávea e de Copacabana, bairros da zona sul, uma das vítimas foi levada para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, em estado grave.

O prefeito Eduardo Paes (PMDB), que visitou o prédio atingido pela explosão na manhã desta segunda-feira, afirmou que há chance da explosão ter sido provocada por um vazamento de gás. "Isso tem que ser investigado e apurado", disse.

Testemunhas declararam que a explosão ocorreu no 10º andar. Segundo relatos de moradores, o impacto se assemelhou à sensação de um "terremoto". Alguns pensavam que se tratava de uma explosão nas obras de extensão do metrô, próximo ao local.

O subsecretário municipal de Defesa Civil, Márcio Motta, afirmou que todos os apartamentos foram atingidos. A Defesa Civil está trabalhando no local.