Após oito anos de restrição, 24 municípios mineiros estão livres da praga Sigatoka Negra e podem voltar a comercializar bananas. Segundo instrução normativa do Ministério da Agricultura, publicada nesta semana, o trânsito de plantas de bananeira dos municípios para qualquer região do país está liberado devido ao reconhecimento oficial de que as localidades estão livres da pior praga que atinge as plantações. Com a declaração, sobe para 86 o total de municípios de Minas autorizados a comercializar as plantas e frutos da bananeira.
 
As localidades reconhecidamente livres da Sigatoka Negra no estado são Araguari, Araporã, Cachoeira Dourada, Campina Verde, Canápolis, Capinópolis, Carmo do Paranaíba, Carneirinho, Cascalho Rico, Centralina, Estrela do Sul, Gurinhatã, Indianópolis, Ipiaçu, Ituiutaba, Monte Alegre de Minas, Patos de Minas, Prata, Rio Paranaíba, Santa Vitória, Tupaciguara, Uberaba, Uberlândia e Veríssimo. Outros 12 estados brasileiros já foram considerados oficialmente áreas livres da praga.