Bolsas europeias recuam com incertezas em relação à Grécia

ESTADÃO CONTEÚDO
05/06/2015 às 15:45.
Atualizado em 17/11/2021 às 00:21

As bolsas europeias fecharam em queda nesta sexta-feira (5), diante de incertezas sobre o futuro da Grécia na zona do euro. A tendência de baixa também foi direcionada pela expectativa de que o Federal Reserve, Fed, o banco central norte-americano, está se aproximando do momento de elevar juros nos Estados Unidos. Como resultado, o índice Stoxx 600 perdeu 0,9% na sessão e acumulou um recuo de 2,6% na semana.

Atenas decidiu agrupar os quatro pagamentos de empréstimos ao Fundo Monetário Internacional (FMI), previstos para este mês, em um único reembolso, de 1,6 bilhão de euros no final de junho. Esta é a primeira vez que uma economia desenvolvida opta empacotar os pagamentos, em uma manobra de emergência que é permitida pelo FMI, mas foi utilizada pela última vez pela Zâmbia na década de 1980.

Investidores acreditam que o país pode estar se aproximando de uma possível saída da zona do euro. Com isso, o índice francês CAC-40 caiu 1,33%, para 4.920,74 em Paris, somando perda de 1,74% na semana. Entre as maiores quedas nesta sexta-feira estavam as ações de bancos, como Societe Generale, Credit Agricole e BNP Paribas.

Além da situação grega, outro fator de alerta veio dos Estados Unidos, ao mostrar que um aperto de liquidez está próximo. A maior economia do mundo gerou 280 mil postos de trabalho em maio, segundo o relatório de emprego conhecido hoje. O resultado ficou bem acima da expectativa de analistas ouvidos pela Dow Jones, de geração de 225 mil vagas, e reforçou as expectativas de que um aperto de juros é iminente no país. Em Frankfurt, o índice alemão DAX terminou em queda de 1,26%, aos 11.197,15 pontos, com baixa semanal de 1,90%.

Em Madri, o índice espanhol IBEX35 caiu 0,75% na sessão e 1,39% na semana, aos 11.062,00 pontos, enquanto, em Lisboa, o PSI20 cedeu 1,17% nesta sexta-feira e 0,60% na semana, aos 5.804,53 pontos. Na capital britânica, o FTSE-100 perdeu 0,80% na sessão, aos 6.804,60 pontos, somando perda de 2,57% na semana. Já em Milão, o FTSEMIB perdeu 2,10% na sexta-feira e 2,76% na semana, terminando com 22.847,34 pontos.

*Com informações da Dow Jones
http://www.estadao.com.br

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por