O programa Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família, terá pagamentos mensais de R$ 400. A confirmação foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), nesta quarta-feira (20), durante o evento Jornada das Águas, no Ceará.

Porém, o chefe do Executivo ressaltou que o benefício não vai furar o teto de gastos da União, limitado à inflação do ano anterior.

“Ninguém vai furar teto. Ninguém vai fazer nenhuma estripulia no orçamento, mas seria extremamente injusto deixar cerca de 17 milhões de pessoas com valor do Bolsa Família”, declarou Bolsonaro.

O governo havia marcado evento nessa terça-feira (19) para anunciar o novo programa, mas cancelou a divulgação em meio à reação negativa do mercado ao aumento das parcelas a serem repassadas aos beneficiários.

Leia mais:
Petrobras não conseguirá atender demanda em novembro; distribuidoras temem desabastecimento
Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula em R$ 21 milhões