Brasil manterá compras de energia da Argentina e Uruguai em 2015

Estadão Conteúdo
26/03/2015 às 10:30.
Atualizado em 16/11/2021 às 23:23

O Ministério de Minas e Energia (MME) ratificou nesta quinta-feira, 26, decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) que autorizou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) a firmar contratos semanais para importação e exportação de energia com Argentina e Uruguai. Por meio de http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=26/03/2015&jornal=1&pagina=60&totalArquivos=80 publicadas no Diário Oficial da União (DOU), o MME reconhece a necessidade de importação de energia elétrica do Uruguai e da Argentina "de forma excepcional e temporária".

No caso da Argentina, a operação se dará por meio das conversoras de frequência de Garabi e Uruguaiana, no Estado do Rio Grande do Sul. Do Uruguai, a importação ocorrerá pelas conversoras de Rivera, no Uruguai, e Santana do Livramento, Brasil, e futura conversora de Melo, no Uruguai. O agente responsável pela importação da Argentina será a Petrobras e do Uruguai, a Eletrobras.

Segundo as portarias, "a importação será realizada por meio de ofertas semanais de energia elétrica, na fronteira com o Brasil, ao ONS, tendo como destino o Mercado de Curto Prazo do Sistema Interligado Nacional (SIN), podendo haver ajustes conforme programação diária ou mesmo por necessidades em tempo real". A determinação vale até 31 de dezembro de 2015.
http://www.estadao.com.br

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por