Um ato contra a política econômica do governo Jair Bolsonaro foi organizado na manhã desta quarta-feira (13), no centro de São Paulo, por nove centrais sindicais (CUT, CTB, CSP- Conlutas, Força Sindical, UGT, CSB, CGTB, Nova Central, Intersindical). O protesto reuniu poucos participantes, segundo fotos e vídeos publicados nas redes sociais das próprias centrais.

O objetivo da ação era "alertar a população sobre as medidas do governo de Jair Bolsonaro e seu ministro da Economia, o banqueiro Paulo Guedes, que sempre beneficiam os empresários e prejudicam os trabalhadores e trabalhadoras", escreveu a Central Única dos Trabalhadores (CUT) em seu site.

As centrais anunciaram também a apresentação de um Plano Emergencial "para conter a crise, o desemprego, a fome e a tragédia social".

O plano será divulgado no próximo dia 18.

Leia mais:
Flávio Bolsonaro rebate crítica de Witzel ao governo federal: 'mentiroso'
Nas redes sociais, Bolsonaro critica invasão à embaixada da Venezuela no Brasil