A China deverá criar mais de 13 milhões de empregos novos neste ano apesar da desaceleração do crescimento econômico do país, afirmou a agência de notícias estatal Xinhua News, citando dados oficiais.

A economia da China criou 10,82 milhões de novos empregos nos primeiros nove meses deste ano, superando a meta do governo para o ano, de acordo com dados oficiais divulgados preliminarmente.

Em uma coletiva de imprensa, o ministro de Recursos Humanos e Seguridade Social da China, Yin Weimin, a taxa de desemprego urbana do país continuou em um patamar baixo e o mercado de trabalho tem se mantido estável apesar da desaceleração do crescimento da economia.

A China estabeleceu a meta de criar 10 milhões de empregos novos neste ano, ante os nove milhões em 2013. O crescimento econômico da China desacelerou para 7,3%, em bases anuais, no terceiro trimestre deste ano, uma queda em relação à expansão de 7,5% no segundo trimestre e de 7,7% em todo o ano 2013. Fonte: Dow Jones Newswires.