O governo federal ampliou a lista dos produtos que podem ser adquiridos por beneficiários do Minha Casa Minha Vida com juros subsidiados. Entram na lista do programa Minha Casa Melhor: tablet, forno de micro-ondas, móveis para cozinha e estante ou rack. A decisão foi tomada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), em reunião extraordinária nesta quarta-feira (16) e passa a valer a partir desta quinta, 17.

O preço máximo definido para o tablet é de R$ 800; do micro-ondas, de R$ 350; dos móveis para cozinha, de R$ 600. Estantes ou rack podem custar até R$ 350.

"A inclusão desses itens atende a uma demanda por novos produtos dos beneficiários do programa. A linha de crédito do Minha Casa Melhor, operada pela Caixa Econômica Federal, continua sendo de R$ 5 mil. As demais condições do programa também não serão alteradas, nem o volume total disponível da linha de crédito anunciado inicialmente", disse o CMN em nota.