O plenário da comissão especial iniciou no período da tarde desta terça-feira, 25, o processo de votação do parecer da reforma trabalhista. Neste momento, líderes começam a fazer a orientação de voto das bancadas.

Foram apresentados 27 destaques ao texto do relator Rogério Marinho (PSDB-RN), sendo dois rejeitados. A votação dos destaques acontecerá na sequência da votação do texto-base e será nominal.

Ao ser informada que havia se esgotado o prazo de protocolo de destaque, a deputada Laura Carneiro (PMDB-RJ) protestou na comissão. Ela reclamou que a funcionária não conseguiu fazer o protocolo.

Siga ao vivo:


Leia mais:
Em votação simbólica, comissão encerra discussão da reforma trabalhista
Em novo parecer, relator da reforma trabalhista aceita 3 sugestões de mudança
PSB orienta voto contra governo na comissão da reforma trabalhista