Ao contrário do que diz o ditado popular “amigos, amigos, negócios à parte”, essa mistura pode render boas vendas e ajudar a expandir o faturamento, especialmente em tempos difíceis e de retração econômica como o atual. Para levantar o astral e espantar a crise, cerca de 10 lojistas do bairro Castelo, na região da Pampulha, apostaram na união e já colhem resultados positivos. O cliente que compra em um dos estabelecimentos da avenida Miguel Perrela ganha um cupom que dá direito a 10% de desconto na loja do vizinho.

“Estávamos pensando o que seria possível fazer para promover todas as lojas e alavancar as vendas. Foi então que tivemos a ideia do cupom. Independentemente do valor, o consumidor que gasta em uma loja tem o direito de participar da promoção. É aquela velha história que diz que a união faz a força”, diz a empresária Luana Zunzarren Lisboa, sócia do Speciale Empório Gourmet e uma das idealizadoras da ação.

A ideia simples e barata – cada lojista gastou cerca de R$ 80 para a emissão dos cupons – se materializou em forma de mais clientes e uma pitada extra de lucro.

Só na casa especializada em cervejas artesanais e cortes de carnes especiais houve crescimento de pelo menos 30% no número de fregueses novos. O estabelecimento também comercializa vinhos nacionais e importados, pratos prontos, massas artesanais, temperos, petiscos, chocolates e doces finos. A cerveja mais em conta sai a R$ 4,50 e a mais cara, a holandesa a La Trappe, custa R$ 69,50.

“O cliente de um virou potencial cliente do outro”, comemora o sócio do Speciale, André Fonseca. De acordo com o empresário, o cartão de desconto tem validade de 30 dias. É nominal, intransferível e não vale para o estabelecimento emissor.

Fidelização

“O mais interessante é que o cupom acabou fidelizando o público”, conta Roberta Ribeiro Lima Nunan, proprietária da Petiz, loja de roupas para crianças de 0 a 12 anos.

Para ela, a crise reforçou a necessidade de se reinventar. “O cartão chama cliente. Essa semana mesmo recebi uma consumidora que comprou uma roupa para ela na loja vizinha e depois veio aqui e levou um vestido para a filha com o desconto”, diz.

O esforço conjunto dos lojistas já apareceu no caixa da Petiz. Segundo Roberta, o faturamento cresceu aproximadamente 10%.
Além do empório e da loja de roupa infantil, participam da promoção Mandalis Espaço Terapêutico, Top Açaí, Sorvetes, Sucos e Lanches, Tudo Natural Produtos Naturais e Espaço Mulher Esmalteria e Estética.