Especialistas dizem que, mesmo com valores de imóveis em elevação, momento é propício para comprar

André Santos
andre.vieira@hojeemdia.com.br
06/08/2021 às 20:17.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:37
 (Fernando Michel)

(Fernando Michel)

Quem quer comprar imóveis precisa se apressar. Mesmo com a sucessivas elevações da taxa básica de juros (Selic) – que saltou de 2% ao ano, em janeiro, para os atuais 5,25% –, especialistas acreditam que o momento é ideal. “As taxas de juros ainda estão abaixo de patamares historicamente praticados no mercado”, explica Silvio Saldanha, presidente da Associação dos Mutuários de Minas Gerais.

Para a consultora imobiliária Arlene Gomes, a oportunidade deve ser aproveitada principalmente por quem busca o primeiro imóvel nos lançamentos à disposição. “Quando a compra é na planta há mais margem para negociação de preços e formas de pagamento”, explica.

Pressa

A alta nos preços acaba levando consumidores a antecipar a compra do imóvel. A empresária Deborah Ribeiro, de 34 anos, é exemplo disso. Após o nascimento da terceira filha, ela viu a necessidade de uma casa mais espaçosa. Diante de preços cada vez mais salgados, e temendo novas altas, vendeu um apartamento de dois quartos no Camargos, Oeste da capital, e iniciou rapidamente a busca por outro com três dormitórios. 

“Procurei uma casa na região de Lagoa Santa, mas os preços estavam fora da realidade. Aí intensifiquei a busca por um apartamento no Sagrada Família, bairro que atende minhas necessidades. Com os preços subindo rápido, resolvi tomar logo a decisão para juntar necessidades e oportunidade. Já vi alguns e a escolha que não vai demorar”, garante ela, que deve investir R$ 350 mil na aquisição.

Leia também:


 

Compartilhar
Logotipo Hoje em DiaLogotipo Hoje em Dia

Fale conosco: (31) 3253-2207

ASSINEDigitalATENDIMENTO AO ASSINANTEBelo Horizonte 31 3236-8000Interior 31 3236-8000
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por