Executivos da BRF se encontram com Blairo Maggi para discutir ação da PF

Estadão Conteúdo
06/03/2018 às 20:07.
Atualizado em 03/11/2021 às 01:43
 (Divulgação IMA)

(Divulgação IMA)

Com as exportações de três plantas suspensas para 12 mercados, executivos da BRF estiveram nesta terça-feira, 6, com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi. "O ministro está atento às preocupações da companhia, às implicações que uma ação como a de ontem (segunda-feira) pode ter", afirmou o CEO global da companhia, José Drummond.

"As operações da companhia são muito importantes para as exportações brasileiras, é importante a gente cuidar dos impactos que não sejam necessários", disse, acrescentando que a empresa está "atenta" para preservar a tranquilidade de parceiros, consumidores e colaboradores.

A BRF foi centro da terceira etapa da Operação Carne Fraca, batizada de Trapaça, deflagrada na segunda. O ex-presidente do grupo Pedro de Andrade Faria foi preso. A operação investiga setores da companhia e laboratórios credenciados que teriam falsificado laudos sanitários para a exportação de carne de ave.

"Tivemos uma conversa técnica bastante importante para esclarecer os eventos", disse Drummond, que ficou cerca de duas horas no gabinete do ministro. "Estamos bastante confiantes nos próximos passos."

Ele não deu detalhes sobre a conversa, nem sobre as providências que estão em curso. Questionado se o ministro expressou alguma preocupação com a situação financeira da empresa, ele foi taxativo "Não. Nem nós."

Leia mais:
Ex-funcionária da BRF confirma à PF adulteração em composto para rações
Agricultura paralisa exportações de frango de três unidades da BRF
Ministro da Agricultura diz que não há risco no consumo de carne de aves

Compartilhar
Logotipo Hoje em DiaLogotipo Hoje em Dia

Fale conosco: (31) 3253-2207

ASSINEDigitalATENDIMENTO AO ASSINANTEBelo Horizonte 31 3236-8000Interior 31 3236-8000
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por