O consumidor mineiro já pode ir preparando o bolso para quando for abastecer seu automóvel. A partir do dia 1º de fevereiro, a gasolina custará, em média, R$ 3,09 nos postos do Estado, conforme divulgou nesta sexta-feira (23) o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) no "Diário Oficial" da União. Já o etanol pulará para R$ 2,22, enquanto o diesel terá como referência o valor de R$ 2,65.

A nova tabela, que é apenas uma referência, e não precisa ser necessariamente obedecida pelos estabelecimentos, leva em conta a elevação do Pis/Cofins, de 9,25% para 11,75%, e a retomada da Cide. Os valores servirão como base para o recolhimento do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) feito pelas refinarias.

O Estado que terá o menor valor referência da gasolina será São Paulo, onde o combustível custará cerca de R$ 2,90. O Acre, por sua vez, terá a gasolina mais cara do país, com preço médio de R$ 3,49.

Além da gasolina, a tabela traz preços de referência para outros combustíveis, como querosene da aviação, etanol, gás natural veicular (GNV), gás natural industrial, óleo combustível, diesel e gás de cozinha. 
Gasolina em Minas Gerais terá preço médio de R$ 3,09