A produtora de aço Gerdau, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem (Senai), abriu 25 vagas destinadas aos cursos de eletromecânica e processo siderúrgico destinadas a Pessoas com Deficiência (PCD). As aulas integram o programa 'Pertencer' e serão nas modalidades remota e presencial na usina de Ouro Branco (MG).

Para se candidatar, os interessados devem residir em Belo Horizonte, Congonhas, Ouro Branco ou Conselheiro Lafaiete. Interessados precisam fazer inscrição neste link até o próximo domingo (17). Também é necessário ter mais de 18 anos, apresentar laudo médico e cumprir 8 horas por dia.

O processo de formação indústrial tem duração de dez meses, consistindo em aulas teóricas, em modo virtual, e práticas, de forma presencial. Os escolhidos terão direito aos seguintes benefícios:

  • Bolsa renumerada
  • Auxílio Transporte
  • Auxílio Alimentação
  • Plano de saúde e odontólogico 
  • Plano Farmácia
  • Seguro benefícios

Após o encerramento dos cursos, os alunos que tiverem um bom desempenho poderão ser efetivados.

(*) Estagiária sob supervisão do editora-adjunta Raíssa Pedrosa

Leia mais:
Pagamento do auxílio emergencial mineiro de R$ 600 começa nesta quinta; confira calendário
Banco BS2 abre vagas de emprego para Belo Horizonte e São Paulo; confira oportunidades