A venda das operações do HSBC Brasil e Turquia faz parte de um plano mais amplo da instituição financeira de reduzir o total de ativos. Segundo a estratégia da casa divulgada nesta madrugada, a instituição quer reduzir o total de ativos em cerca de um quarto. Com a adoção do plano, o HSBC pretende economizar até US$ 5 bilhões.

De acordo com o comunicado divulgado esta madrugada aos investidores, o plano de redução das atividades passa pela diminuição do total de ativos ponderados do grupo em cerca de 25% e por direcionar esforços na direção de segmentos que ofereçam maior retorno. Uma dessas iniciativas citadas é diminuir a importância do segmento "Global Banking e Mercados" - ramo que atende grandes empresas - para menos de um terço do total de ativos do grupo.

As várias iniciativas que incluem a venda das filiais do Brasil e Turquia devem gerar economia de até US$ 5 bilhões à casa, informa comunicado enviado ao mercado. Isso deve ajudar no plano do HSBC que promete entregar aos acionistas retorno sobre patrimônio maior que 10% em 2017.