SÃO PAULO - A Anheuser-Busch InBev, a maior fabricante de cervejas do mundo, fechou um acordo para comprar a sul-coreana Oriental Brewery (OB) por US$ 5,8 bilhões.

Com o negócio, que inclui dívidas da companhia oriental, a InBev reconquista uma importante representante na Ásia num momento de forte crescimento da indústria na região.

A OB tem 60% do mercado local e servirá de canal de distribuição para outras marcas do grupo, como Budweiser e Stella Artois.

A venda da cervejaria feita pela KKR e Affinity Equity Partners representa a maior venda de "private equity" (fundos de participação em empresas) da Ásia em termos de fusões e aquisições em dólar, dando a elas retornos de mais de cinco vezes seus investimentos.

A OB tinha uma dívida total de US$ 922 milhões no fim de 2012, segundo dados mais recentes da empresa.

"A OB irá fortalecer nossa posição na região de rápido crescimento Ásia-Pacífico", disse Carlos Brito, presidente-executivo da InBev, em comunicado. A empresa também disse que espera exportar marcas da OB de forma mais ampla.

A belga InBev vendeu a Oriental Brewery em 2009 por US$ 1,8 bilhão para a KKR, como parte de seus esforços de reduzir a dívida assumida na aquisição de US$ 52 bilhões da norte-americana Anheuser-Busch pela InBev, um ano antes.

A AB InBev manteve a opção de comprar de volta a OB em cinco anos.